{ }

Seguidores

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Jardins



"O que é que se encontra no início?

O jardim ou o jardineiro?

É o jardineiro.

Havendo um jardineiro, mais cedo ou
mais tarde um jardim aparecerá.

Mas , havendo um jardim sem jardineiro,
mais cedo ou mais tarde ele
desaparecerá.

O que é um jardineiro?

Uma pessoa cujo pensamento
está cheio de jardins.

O que faz um jardim são os
pensamentos do jardineiro.

O que faz um povo são os pensamentos
daqueles que o compõem."

Rubem Alves

...cuidemos então para que nossos pensamentos
sejam mananciais das melhores sementes
que jogadas aos vento, ao cairem em
terra venham germinar as mais
belas flores de amor e paz!



Por não estarem distraídos



Havia a levíssima embriaguez de andarem juntos, a alegria como quando se sente a garganta um pouco seca e se vê que, por admiração, se estava de boca entreaberta: eles respiravam de antemão o ar que estava à frente, e ter esta sede era a própria água deles.
Andavam por ruas e ruas falando e rindo, falavam e riam para dar matéria peso à levíssima embriaguez que era a alegria da sede deles.
Por causa de carros e pessoas, às vezes eles se tocavam, e ao toque - a sede é a graça, mas as águas são uma beleza de escuras - e ao toque brilhava o brilho da água deles, a boca ficando um pouco mais seca de admiração.
Como eles admiravam estarem juntos!
Até que tudo se transformou em não.
Tudo se transformou em não quando eles quiseram essa mesma alegria deles. Então a grande dança dos erros.
O cerimonial das palavras desacertadas.
Ele procurava e não via, ela não via que ele não vira, ela que, estava ali, no entanto.
No entanto ele que estava ali.
Tudo errou, e havia a grande poeira das ruas, e quanto mais erravam, mais com aspereza queriam, sem um sorriso.
Tudo só porque tinham prestado atenção, só porque não estavam bastante distraídos.
Só porque, de súbito exigentes e duros, quiseram ter o que já tinham.
Tudo porque quiseram dar um nome; porque quiseram ser, eles que eram.
Foram então aprender que, não se estando distraído, o telefone não toca, e é preciso sair de casa para que a carta chegue, e quando o telefone finalmente toca, o deserto da espera já cortou os fios.
Tudo, tudo por não estarem mais distraídos.

Clarice Lispector



Selo




Recebí da amiga Ana Karla do blog http://misturao.blogspot.com/
e as regras são responder:

  1. Qual o professor(a) que marcou sua vida? Por que?
  2. Qual a materia que vc mais gostava na escola? Porque?
  3. O que é preciso para mudar a educação no Brasil?

Respondendo:


  1. Na verdade não foi uma professora minha, mas sim do meu filho no pré-escolar. Conviví muito com ela, era verdadeira e demonstrava que precisava de ajuda e pedia isso às mães. Nos tornamos muito amigas.
  2. Matemática, porque sempre gostei de coisas que não precisasse decorar e sim entender.
  3. Mudança total social, incluindo melhores salários e melhores instalações escolares.

Ofereço para todos os amigos e amigas que passarem por aqui e que realmente se preocupam com as condições de educação no nosso país. Abraços aos nossos queridos professores.

Abstrato

Relogio

Não existe nada de completamente errado no mundo, mesmo um relógio parado, consegue estar certo duas vezes por dia.

"Paulo Coelho"

domingo, 30 de janeiro de 2011

A Pedra



O distraído nela tropeçou...
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Drummond a poetizou.
Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura...
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.
Independente do tamanho das pedras, no decorrer de sua vida. não existirá uma, que você não possa aproveitá-la para seu crescimento espiritual. Quando a sua pedra atual, tenho certeza que Deus irá te dar sabedoria, para mais tarde você olhar para ela, e ter orgulho da maravilhosa experiência que causou em sua vida, no seu crescimento espiritual.
Abençoado dia pra você!!!


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Crônica de Luiz Fernando Veríssimo sobre o "BBB"

>

> Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother
> Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede 
> Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço...A décima terceira
> (está indo longe!) edição do BBB é uma síntese do que
> há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil, encontrar
> as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à
> nossa modesta inteligência.

> Dizem que Roma, um dos maiores impérios que o mundo
> conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores
> morais do seu povo, principalmente pela banalização do
> sexo. O BBB 10 é a pura e suprema banalização do sexo.
> Impossível assistir, ver este programa ao lado dos filhos. Gays, 
> lésbicas, heteros... todos na mesma casa, a casa dos
> “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho
> nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer,
> mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre
> homossexuais ou heterosexuais. O BBB 10 é a realidade em busca do 
> IBOPE..

> Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB 10. Ele
> prometeu um “zoológico humano divertido” . Não sei se será 
> divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e
> figuras típicas.

> Se entendi corretamente as apresentações, são 15 os 
> “animais” do “zoológico”: o judeu tarado, o gay afeminado, a
> dentista gostosa, o negro com suingue, a nerd tímida, a
> gostosa com bundão, a “não sou piranha mas não sou
> santa”, o modelo Mr. Maringá, a lésbica convicta, a DJ
> intelectual, o carioca marrento, o maquiador drag-queen e a
> PM que gosta de apanhar (essa é para acabar!!!).

> Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista
> e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a
> Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um
> programa desse nível.
> Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve
> maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda
> referindo-se à pena de se morrer tão cedo. 


> Eu gostaria de perguntar se ele não pensa que esse
> programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, 
> da ética e da dignidade.

> Outro dia, durante o intervalo de uma programação da
> Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para 
> ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um 
> caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho
> árduo? Heróis? São esses nossos exemplos de heróis?

> Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de
> brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede
> pública (aliás, todos os professores), carteiros, lixeiros
> e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, 
> passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e
> amor, quase sempre mal remunerados..

> Heróis, são milhares de brasileiros que sequer têm um
> prato de comida por dia e um colchão decente para dormir e
> conseguem sobreviver a isso, todo santo dia.

> Heróis, são crianças e adultos que lutam contra doenças 
> complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais
> saudável e digna.

> Heróis, são inúmeras pessoas, entidades sociais e 
> beneficentes, ONGs, voluntários, igrejas e hospitais que se dedicam
> ao cuidado de carentes, doentes e necessitados (vamos lembrar
> de nossa eterna heroína, Zilda Arns).

> Heróis, são aqueles que, apesar de ganharem um salário
> mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais
> para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada 
> meses atrás pela própria Rede Globo.

> O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem
> educativo, não acrescenta informações e conhecimentos
> intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e 
> não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao 
> esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos
> como valor, ética, trabalho e moral. 
> E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB
> ajuda a "entender o comportamento humano". Ah, tenha dó!!!

> Veja o que está por de tra$$$$$$$$$$$$$$$$ do BBB: José 
> Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove 
> milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da
> ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica
> arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou
> repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada
> paredão.

> Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se
> fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, 
> alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros?

> (Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar
> mais de 5.000 computadores!)

> Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de
> vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de 
> telespectadores.

> Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de
> Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa..., ir 
> ao cinema..., estudar... , ouvir boa música..., cuidar das flores e 
> jardins..., telefonar para um amigo.., visitar os avós.
> ,pescar. , brincar com as crianças... , namorar... ou
> simplesmente dormir. 

> Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios
> de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais 
> foi construído nossa sociedade.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

viva a vida com sabedoria!


AMIGA A vida é muito curta para acordar com arrependimentos. Ame as pessoas que te tratam bem. Ame, também, àqueles que não, só porque você pode. Acredite que tudo acontece por uma razão. Se tiver uma segunda chance, agarre com as duas mãos. ...Se isso mudar sua vida, deixe acontecer. Beije devagar. Perdoe rápido. Deus nunca disse que a vida seria fácil. Ele simplesmente prometeu que valeria a pena.Viver mais...

Fonte:http://lilinhapinturasartes.blogspot.com/
A amizade deveria ser algo completamente sem interesses, como nossos olhos. Eles piscam juntos, eles se movem juntos,
eles choram juntos, eles vêem coisas juntos e eles dormem juntos, embora eles nunca vejam um ao outro estão sempre juntos..."

Fonte:http://valeriapaula.blogspot.com/

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

sábado, 15 de janeiro de 2011

Desafio dos 7

A Débora do bloghttp://xicaradechacomleite.blogspot.com/2011/01/desafio-dos-7.html me deixou este desafio, tenho que responder umas perguntinhas. Ai ai.

 7 coisas que tenho que fazer:

  • dieta
  • exercícios físicos
  • limpar a casa
  • lavar a louça
  • fazer almoço de domingo
  • sair mais de casa
  • decorar as unhas                                            

 7 coisas que mais digo:
  • Alessandro!
  • droga!
  • sai mosca
  • desligue essa televisão
  • saia do computador
  • saia do sol
  • que calorão
7 coisas que faço bem:
  • blogar
  • lavar roupa
  • artesanato
  • unhas
  • desenho
  • reciclar
  • fotografar
7 defeitos: 
  • não gosto de cozinhar
  • saio pouco de casa
  • calada
  • superprotetora
  • comilona
  • desconfiada
  • preguiçosa
7 qualidades:
  • bondosa
  • amiga
  • criativa
  • econõmica
  • vaidosa
  • boa estima
7 coisas que adoro:
  • pêssego
  • café
  • domingo
  • roupa nova
  • botas
  • limpeza
  • palavras cruizadas
7 coisas que detesto:
  • falta de educação
  • cozinhar
  • conversa fiada
  • calor
  • andar de onibus
  • engordar
  • mentira
7 pessoas npara mandar o desafio:
http://giarteirinha.blogspot.com/
http://michellemts.blogspot.com/
http://rozeba-tricrochetando.blogspot.com/
http://rabisconline.blogspot.com/
http://cordosonhos.blogspot.com/
http://cabelosfortes.com/blog/?p=2538#comments
http://grape-k.blogspot.com/

 
É isso ai, conseguí responder, mas convenhamos, esse desafio vira a gente do lado avesso e investiga todos os pormenores de nossa vida, ui ui.

De Repente (Vinícius de Morais)




De repente do riso fez-se o pranto

Silencioso e branco como a bruma

E das bocas unidas fez-se a espuma

E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento

Que dos olhos desfez a última chama

E da paixão fez-se o pressentimento

E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente

Fez-se de triste o que se fez amante

E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante

Fez-se da vida uma aventura errante

De repente, não mais que de repente.

Copiei este poema do blog http://misturao.blogspot.com/

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Blogagem coletiva

Dedico esta oração aos que passam por necessidades e aos que perderam parentes, amigos e seus lares nesta tragédia de chuvas

ORAÇÃO PELOS NECESSITADOS

Nós te suplicamos, ó Deus de amor e de bondade, sê o nosso socorro e nosso defensor. 
Salva os oprimidos, tem piedade dos pequenos, levanta os que caíram, mostra-te aos que padecem necessidade, cura os enfermos, traz de volta os que se perderam, dá alimento aos que têm fome, dai conforto para aqueles que perderam seus entes querido.
Que todos os povos reconheçam que só tu és Deus, que Jesus Cristo é teu Filho, que somos o teu povo e ovelhas do teu rebanho. 
Dá misericórdia e paz a nós e a todos os habitantes da terra, que te rogavam na fé e na verdade, submissos ao teu poder infinito e à tua santidade.
Jesus Cristo, por Ele te sejam dadas glória e magnificência agora e de geração em geração, pelos séculos dos séculos.Amém

 Amigas,Vamos dar continuidade  a corrente de oração,post no seu blog.
Bom fim de semana

'...Nunca deixe que lhe digam 'que não vale a pena



acreditar num sonho que se tem.
Ou que seus planos nunca vão dar certo.
Ou que você nunca vai ser alguém.

Tem gente que machuca os outros...
Tem gente que não sabe amar...

Mas eu sei que um dia a gente aprende.
Se você quiser alguém em quem confiar,
Confie em si mesmo.
Quem acredita sempre alcança..."


(Renato Russo)

Natureza

Olhem só o que a natureza faz, contornou tão perfeito como um artista cada folhinha com gotinhas de orvalho, só podemos chegar a conclusão que quem criou tudo, inclusive a gente, foi um grande artista, então, cada pssoa, cada coisinha, cada detalhe, cada sentimento merece o seu valor.   
                                           Thaiza

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A Associação Cultural Tropa do Balaco Baco - Equipe Teatral de Arcoverde realizará o
II Festival Cena Aberta entre os dias 12 e 21 de maio de 2010.

Inscrições até o dia 18 de fevereiro de 2011.

Para mais informações e acesso ao Regulamento e à Ficha de Inscrição clique aqui.

--
Postado por Clébio Marques no Blog EDUCAÇÃO & CULTURA em 12/01/2011 às 01:35:00 AM

-- 
Clébio Marques
Vice-presidente da ARTEPE
Associação de Realizadores de Teatro de Pernambuco
 

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Hoje é tempo de ser feliz!




Sempre é tempo de lançar sementes...
A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver. Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes. Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos. Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós, será plantação que poderá ser vista de longe...


Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso quando nos diz que "debaixo do céu há um tempo para cada coisa!"



Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas pelas quais você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.


Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra, que somos nós, frutos que sejam agradáveis aos olhos! Infelicidade, talvez seja o contrário.


O que não podemos perder de vista é que a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes... Sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje; sementes de hoje, frutos de amanhã!


Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra. Cuidado com os semeadores que não o amam. Eles têm o poder de estragar o resultado de muitas coisas.

Cuidado com os semeadores que você não conhece. Há muita maldade escondida em sorrisos sedutores...

Cuidado com aqueles que deixam cair qualquer coisa sobre você; afinal, você merece muito mais que qualquer coisa.

Cuidado com os amores passageiros... Eles costumam deixar marcas dolorosas que não passam...
Cuidado com os invasores do seu corpo... Eles não costumam voltar para ajudar a consertar a desordem...

Cuidado com os olhares de quem não sabe amá-lo... eles costumam fazê-lo esquecer que você vale a pena...

Cuidado com as palavras mentirosas que esparramam por aí... elas costumam estragar o nosso referencial da verdade...
Cuidado com as vozes que insistem em lhe recordar os seus defeitos... e costumam prejudicar a sua visão sobre si mesmo.

Não tenha medo de se olhar no espelho. É nessa cara safada que você tem, que Deus resolveu expressar, mais uma vez, o amor que Ele tem pelo mundo.

Não desanime, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz. Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar e o que amar nesta vida.

Em vez de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente, e veja o que ainda pode ser feito...

A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta que "os sonhos não envelhecem..."

Vá em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões.

Deus resolveu reformar o mundo e escolheu o seu coração para iniciar a reforma.

Isso prova que Ele ainda acredita em você. E se Ele ainda acredita, quem sou eu para duvidar... (?)


Padre Fábio de Melo

Desejo a você

Desejo, primeiro, que você ame, e que amando, também seja amado.


E que se não for, seja breve em esquecer, e esquecendo não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim, mas se for, saiba ser sem desesperar.


Desejo também que você tenha amigos que, mesmo maus e inconsequentes,
sejam corajosos e fiéis,
e que pelo menos em um deles você possa confiar sem duvidar.


E porque a vida é assim, desejo ainda que você tenha inimigos, nem muitos, nem poucos,
mas na medida exata para que, algumas vezes,você se interpele a respeito de suas próprias certezas.
E que, entre eles, haja pelo menos um que seja justo, para que você não se sinta demasiado seguro.


Desejo, depois, que você seja útil, mas não insubstituível.
E que nos maus momentos, quando não restar mais nada,
essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.


Desejo ainda que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
mas com os que erram muito e irremediavelmente,
e que fazendo bom uso dessa tolerância, você sirva de exemplo aos outros.


Desejo que você, sendo jovem, não amadureça depressa demais,
e que, sendo maduro, não insista em rejuvenescer,
e que, sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram por entre nós.




Desejo por sinal que você seja triste, não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom,
o riso habitual é insosso, e o riso constante é insano.


Desejo que você descubra com a máxima urgência, acima e a despeito de tudo,
que existem oprimidos, injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.


Desejo ainda que você afague um gato, alimente um cuco
e ouça o joão-de-barro erguer triunfante o seu canto matinal,
porque, assim, você se sentirá bem por nada.


Desejo também que você plante uma semente, por mais minúscula que seja,
e acompenhe o seu crescimento, para que você saiba
de quantas muitas vidas é feita uma árvore.


Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano coloque um pouco dele na sua frente e diga "isso é meu",
só para que fique bem claro quem é o dono de quem.


Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você,
mas que se morrer, que você possa chorar sem se lamentar, sofrer e sem se culpar.


Desejo por fim que você, sendo um homem,tenha uma boa mulher,
e que, sendo uma mulher, tenha um bom homem
e que se amem hoje, amanhã e no dia seguinte,e quando estiverem exaustos e sorridentes,
ainda haja amor para recomeçar.


E se tudo isso acontecer, nada mais tenho a te desejar.


                                                              Victor Hugo

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Sobre a vida

A vida não se mede pelo número de tempo que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram o fôlego.


A vida é aquilo que acontece enquanto fazemos planos para o futuro.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Acolhendo 2011

Este é o ano de 2011 esperando seus pezinhos para calçar e suas mãozinhas para brincar. Se seu ano foi bom, continue, se não foi, comece de novo como uma criancinha que tem q aprender tudo e leva muitos tombos até conseguir caminhar. Feliz ano novo a todos os meus seguidores e leitores.

Ano novo

2010 despede-se deixando como legado 
muitos sonhos transformados em realidade.

O Brasil já não é o mesmo. Nem nós.
O gigante adormecido acordou
e percebeu, na plenitude,
seu tamanho e importância.

Que venha 2011 e com ele a certeza de
colhermos frutos com a mesma qualidade
das boas sementes que  juntos cultivamos.

No novo ano daremos curso à nossa jornada
de  luta e conquistas. Somando esforços,
dividindo resultados.
Reinventando sonhos, na eterna
e maravilhosa busca da felicidade.

Saúde, paz e prosperidade.
É o que te desejo hoje , em 2011  e sempre.